terça-feira, 6 de novembro de 2018

Objeto Espacial 1i Oumuamua - Objeto Espacial pode ser Sonda Alienígena Enviada para Estudar o Sistema Solar da Terra

Você Sabe o que é “O Salto Quântico Genético”? [Clique Aqui

Assunto Relacionado: [Estrela de Tabby]



Atenção! As pessoas estão achando que essa imagem da pedra alongada é a imagem real do objeto, NÃO É!!! Isso é apenas uma imagem ilustrativa feita pela NASA para representar o objeto. O Objeto 1i não foi fotografado de perto, não direcionaram o telescópio Hubble para ele, e não mandaram sondas espaciais tirar fotos REAIS dele. A NASA como sempre tenta despistar e desviar do assunto, para representar ARTISTICAMENTE o objeto 1i elaboraram essa imagem da pedra alongada. Mas o máximo que temos da aparência real dele é um ponto branco muito longínquo no céu escuro. Estudos tem dito que na verdade o objeto é fino e está “dobrado” como uma folha que ao ficar no vácuo toma uma forma de charuto torcido. Então nada sabemos ao certo sobre a verdadeira aparência do objeto. Pode se tratar de pedaço de uma fuselagem de aparelho espacial que se soltou e está vagando pelo espaço. Esse aparelho não pode ser um aparelho mandado pelos seres humanos por que tem mais de 400 metros, os foguetes Saturno V que levaram as missões Apollo até a Lua tem “apenas” 111 metros de cumprimento, e nenhum foi perdido no espaço, as peças das várias etapas dos foguetes caíram todas na Terra.

Trechos: - “O artigo mostrou que, se Oumuamua gira em seu estado de maior energia rotacional, deve ser extremamente oblato (semelhante a uma panqueca)” - “a possibilidade de Oumuamua ser um artefato extremamente fino, acelerado pela pressão de radiação solar”- “um objeto tão excepcionalmente fino sobreviver à viagem interestelar” - 

Objeto Interestelar Pode ser Estrutura Enviada por Alienígenas Segundo Cientistas!

Astrofísicos dizem que objeto interestelar pode mesmo ter sido construído por alienígena - 1I Oumuamua:

Poderia o 1I Oumuamua Ser Uma Vela Solar Extraterrestre? - Space Today TV Ep.1562:

Objeto Espacial “1i - Oumuamua”, astrofísicos dizem que objeto interestelar pode mesmo ter sido construído por alienígenas. Pesquisa da Could Solar Radiation Pressure Explain 'Oumuamua's Peculiar Acceleration? Shmuel Bialy, Abraham Loeb: https://arxiv.org/abs/1810.11490  PDF do Artigo: https://arxiv.org/pdf/1810.11490.pdf


- Por History: Cientistas afirmam que objeto espacial pode ser sonda alienígena enviada para investigar a Terra. Desde que foi descoberto, o objeto intriga pesquisadores. Primeiro ele foi classificado como um cometa. Em seguida, foi identificado como um asteroide. Por fim, foi definido em uma categoria própria: “objeto interestelar”. Desta vez, um novo artigo de pesquisadores do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian levanta a hipótese de o objeto ter origem artificial. O 'Oumuamua tem coloração vermelho-escura e viaja a uma velocidade de 87.3 quilômetros por segundo. Por sua alta velocidade e trajetória inusitada, os cientistas acreditam que ele pode ter procedência alienígena. “O 'Oumuamua pode ser uma sonda perfeitamente operacional enviada intencionalmente à Terra por uma civilização alienígena vizinha”, diz o artigo escrito pelos cientistas Abraham Loeb e Shmuel Bialy. 

De acordo com eles, este é o primeiro objeto originário de outro lugar já avistado em nosso sistema solar. A teoria se baseia na “aceleração excessiva” do objeto ao atravessar o nosso sistema solar. “Uma possibilidade é que o 'Oumuamua seja uma vela solar, flutuando no espaço interestelar como detrito cósmico de uma equipamento tecnológico avançado”, dizem os autores do estudo. “Velas solares de dimensões parecidas foram criadas por nossa civilização, incluindo o projeto IKAROS e a Iniciativa Starshot. A tecnologia de velas solares pode ser usada para o transporte de cargas entre planetas ou estrelas”, completam.

- Meu Comentário-01: Muito interessante, altamente sugestivo. No facebook um bando de cabeças de vento fazem uma zoeira com a notícia, mas não vem aqui conferir melhor do que se trata. Como sempre o povo brasileiro mostrando como são burros e esquizofrênicos. Acreditam em Jesus, um mero personagem de ficção barato, e acham graça quando se levanta hipóteses como este. Esquizofrenia pouca é bobagem.

- Meu Comentário-02: Muito interessante mesmo, torço para ser de fato objeto extraterrestre inteligente, tudo indica que sim. É preciso mais estudos, o certo era interceptar o objeto, mas não temos tecnologia para tanto ainda...

- Comentário de Marcus Moura: A matemática é simples, o universo tem mais de 13,5 bilhões de anos, a Terra tem cerca de 4,5 bilhões, então sobram cerca de 9 bilhões de anos para um tipo de vida inteligente se desenvolver e desenvolver uma tecnologia que possa cruzar o espaço saindo do sistema de sua estrela. O homem "racional" tem cerca de 24 mil anos desde algum registro válido, desenvolvemos tecnologia suficiente para detectar objetos no espaço com uma precisão razoável apenas há apenas uns 50 anos. Então quem garante que já não houveram naves, sondas, velas ou seja lá o que for rondando por aqui, ou se até já não vieram até aqui sem a gente saber? Infelizmente a conquista do espaço pelo ser humano ainda é apenas um embrião, e podem haver muitos anciões universo a fora.

1I/ʻOumuamua o misterioso objeto espacial indefinido pela ciência:

'Oumuamua (formalmente designado 1I/'Oumuamua, anteriormente C/2017 U1 (PANSTARRS) e A/2017 U1) é um objeto interestelar que passa pelo Sistema Solar. Foi descoberto em uma trajetória altamente hiperbólica por Robert Weryk em 19 de outubro de 2017 com observações feitas pelo telescópio Pan-STARRS, quando o objeto estava a 0,2 UA (30.000.000 km) da Terra. Inicialmente classificado como um cometa, foi reclassificado como um asteroide uma semana depois. É a primeira de uma nova classe chamada “asteroides hiperbólicos”. Com base em um arco de observação de 29 dias, a excentricidade orbital de ʻOumuamua é de 1,20, a mais alta do que a de qualquer objeto já observado no Sistema Solar. O recorde anterior era do C/1980 E1, com uma excentricidade orbital de 1,057. A alta excentricidade do 'Oumuamua indica que ele nunca esteve gravitacionalmente ligado ao Sistema Solar e é um objeto interestelar devido à sua alta velocidade de entrada. Tem uma inclinação de 123° em relação à eclíptica e uma velocidade orbital de 26,33 km/s em relação ao Sol quando no espaço interestelar, que atingiu o pico a 87,71 km/s no periélio. Astrônomos da Universidade de Harvard cogitam a possibilidade de o objeto ser artificial, tendo origem alienígena e sendo usado para investigar a Terra.

Inicialmente foi chamado C/2017 U1 porque foi assumido como uma cometa, mas foi renomeado para A/2017 U1 depois que nenhuma atividade cometária foi encontrada. Depois que sua natureza interestelar foi confirmada, foi renomeado para 1I/'Oumuamua: "1" porque é o primeiro desse tipo de objeto astronômico a ser descoberto; "I" para interestelar e “Oumuamua” é uma palavra havaiana que significa “um mensageiro de longe que chega primeiro”.

Traduzido pela Revista UFO da CNN: 
Mas por que, afinal, 1i Oumuamua está gerando enorme polêmica na internet?
(Por Mel Polidori 07 de Novembro de 2018)

Veja a explicação (pseudocientífica de um materialista/ateu) do cientista Paul Chodas da NASA sobre 1i Oumuamua:

Um misterioso objeto celeste tem confundido os cientistas desde a sua descoberta, em 19 de outubro de 2017, pelo telescópio Pan-STARRS 1, no Havaí. O primeiro objeto interestelar no Sistema Solar, apelidado de “Oumuamua”, ou "um mensageiro que vem de um passado distante" em havaiano, foi tema de estudo em um artigo do instituto de investigação Harvard - Smithsonian Center for Astrophysics, publicado em 01 de novembro deste ano, no qual os pesquisadores cogitaram a hipótese de que Oumuamua não seria apenas um cometa ou asteroide como aventado anteriormente, mas algo maior e que vem gerando muita polêmica na mídia. A explicação mais exótica que surgiu na internet deu-se a partir do artigo, que mencionou que uma das possibilidades é a de se tratar de um pedaço de artefato artificial alienígena. Segundo o texto, “o Oumuamua poderia ser uma nave totalmente operacional enviada intencionalmente à Terra por uma civilização extraterrestre”. Há os que defendem ser uma nave alienígena enviada de outra galáxia; ou uma sonda extraterrestre nos vigiando; ou um meteoro; ou ainda um cometa, enfim. E há os que acreditam ainda não ser possível dar a certeza do que ele é. O canal CNN sugeriu ser uma sonda alienígena; a revista Hypescience publicou não ser nem cometa nem asteroide; o site Globo mencionou que seria um objeto artificial, mas enviado por extraterrestres à Terra; o Jornal The Washington Post, em nota nesta semana, afirmou que “sente muito, mas o objeto estranho não foi enviado por alienígenas para nos salvar”; a revista Veja aventou a possibilidade de ser uma nave alienígena etc. Independentemente do que foi sugerido, o estudo não esgotou as possibilidades e não deu o veredicto final.

De acordo com o trabalho, o objeto tem uma trajetória altamente hiperbólica e inesperada. Conforme as propriedades de levantamento e detecção feitas, estima-se que sua densidade também seja maior do que a esperada pelos modelos teóricos anteriores, além de que as grandes variações em sua magnitude aparente e a periodicidade da curva de luz sugerem que Oumuamua está girando em um estado excitado de spin (movimento cambaleante) e ainda tem uma proporção extrema, ou seja, um valor sem precedentes para asteroides e cometas anteriormente conhecidos no nosso Sistema Solar. O artigo mostrou que, se "Oumuamua gira em seu estado de maior energia rotacional, deve ser extremamente oblato (semelhante a uma panqueca) e não parecido a um asteroide ovalado, como sugerem as expectativas anteriores”. Apesar de concluírem que a aceleração observada é provavelmente o resultado de uma atividade cometária, Oumuamua não mostra nenhum sinal de atividade de um cometa, também não tem cauda cometária e linhas de emissão e absorção de gás comum em cometas. Do ponto de vista teórico, Roman R. Rafikov já havia mostrado que, se a desgasificação fosse responsável pela aceleração do objeto, como era esperado, então isso teria impulsionado uma rápida evolução da rotação de Oumuamua, o que não é compatível com as observações. Se não é atividade de cometa, o que pode impulsionar a aceleração antigravitacional observada?

Os pesquisadores exploraram a possibilidade de Oumuamua ser um artefato extremamente fino, acelerado pela pressão de radiação solar, que naturalmente resultaria nesse excesso de aceleração. No entanto, para a pressão de radiação ser eficaz, a relação massa e área deve ser muito pequena. Explorando a capacidade de um objeto tão excepcionalmente fino sobreviver à viagem interestelar, considerando colisões com poeira interestelar e gás, bem como suportando as tensões de tração causadas por rotação e forças de maré, finalmente, o artigo discute as possíveis implicações da forma que Oumuamua possa ter. Enquanto nosso cenário pode naturalmente explicar a aceleração peculiar do Oumuamua, abre-se a questão de que tipo de objeto pode ter uma proporção de massa para área tão pequena. As observações não são suficientes para fornecer uma definição da forma de Oumuamua e só podemos especular sobre a sua possível geometria e natureza. Embora variações periódicas na magnitude aparente tenham sido observadas, ainda existem muitos graus de liberdade - por exemplo, ângulo de observação, não uniforme de forma reflexiva etc - para restringir definitivamente sua geometria. A geometria não deve necessariamente ser a de uma folha plana, mas pode adquirir outras formas, como, por exemplo, envolvendo uma folha curva, uma cavidade em cone ou elipsoidal etc...

Agora é um pouco tarde para confirmar essa teoria com foguetes químicos ou usando telescópios, devido à distância que o objeto se encontra da Terra, concluiu o artigo. Nossa única esperança em provar ou refutar a potencial origem alienígena do Oumuamua é encontrar outro objeto similar flutuando no espaço. Do contrário, ficaremos com as possibilidades e especulações.

- Meu Comentário: Eu torço para o objeto ser mesmo produto de uma civilização extraterrestre. A melhor opção seria interceptar o objeto, mas infelizmente não temos tecnologia para isso (não oficialmente), mas poderiam direcionar o Telescópio Hubble para termos uma imagem real dele. E não apenas perspectivas artísticas, (e bastante tendenciosas, já que o que divulgam é uma imagem de uma pedra alongada, mas isso na verdade é apenas uma fantasia).

Artigos Científicos sobre o Objeto Espacial 1i Oumuamua:









Fontes:

- Oumuamua, astrofísicos dizem que objeto interestelar pode mesmo ter sido construído por alienígena. Pesquisa: Could Solar Radiation Pressure Explain 'Oumuamua's Peculiar Acceleration? Shmuel Bialy, Abraham Loeb:  https://arxiv.org/abs/1810.11490
- Astrofísicos dizem que objeto interestelar pode mesmo ter sido construído por alienígena - Oumuamua: https://www.youtube.com/watch?v=uqysJGwJVxY
- Mas por que, afinal, Oumuamua está gerando enorme polêmica na internet?: https://ufo.com.br/noticias/mas-por-que-afinal-oumuamua-esta-gerando-enorme-polemica-na-internet.html

Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...

Tags: Objeto Espacial, 1i Oumuamua ,Sonda Alienígena, Enviada para Estudar, Sistema Solar da Terra, pesquisadores, Centro de Astrofísica, Harvard-Smithsonian, levanta a hipótese, objeto de origem artificial,

Nenhum comentário:

GoogleAnalytics

O que Está Acontecendo?

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma Super Potencia do Universo Local”. (Bruno Guerreiro de Moraes)